Fantasma

Você me ignora, e nem nota. Tão normal que nem se importa. Só fala comigo por coisas inúteis. Ignora minha existência no meio do seu mundo. Me fazem de boba, me controlam e continuo lá presa com vocês. Não sei o motivo há qual não fugi de seu mundo. Há sim, verdade, ninguém presta aqui.

ps: indireta para a escola :3

Nenhum comentário:

Postar um comentário